Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião

A clara lei do mais forte.

Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião
Vidago FC 2-0 FC Santa Marta de Penaguião

Com algum esforço, mas com clara superioridade, o Vidago carimbou a sexta vitória no campeonato e continua líder invicto. Uma vitória por 2-0 frente a um Santa Marta que teve bons princípios, não quis só defender, mas que não teve poder de fogo para assustar os alvinegro.

O Vidago entrou no jogo de uma forma muito normal sem forçar, evitando grandes contactos e com a convicção de que o golo iria aparecer mais cedo ou mais tarde. Cedo se percebeu que o Santa Marta não tinha vindo jogar a Vidago como convidado e que estava ali para discutir o resultado.

Os visitantes com um bom conjunto, tudo tentaram para contrariar o esquema tático montado por Pedro Adão mas, nos primeiros quarenta e cinco minutos sentiram muitas dificuldades para chegar ao último terço do terreno. Ainda assim, foi interessante ver que os visitantes não cairam na tentação de recuar as linhas em demasia, uma situação que, por vezes, parecia surpreender o meio campo Vidaguense que se via algo sem espaço.

As oportunidades iam aparecendo, ainda que não numa cadência suficiente para animar as bancadas. Primeiro foi Rafa e depois Castelo a ameaçarem. Quem não precisou de ameaçar foi Edu Paiva que, após um lance onde teve que aguentar duas cargas sucessivas consegue isolar-se e a entrada da área desfere um remate certeiro sem qualquer hipótese para Gato.

O golo apontado aos 18’ retirou ainda mais ritmo ao jogo dos visitantes e permitiu ao Vidago algumas subidas com perigo. Numa delas, aos 29’ permitiu que Fábio Alex entrasse na área obrigando Gato a uma grande defesa.

Sem nunca ser ameaçado verdadeiramente, os alvinegro lá acabaram por fazer o segundo golo, por Rafa após um passe primoroso de Fábio Alex, numa altura em que o jogo estava totalmente controlado pelos homens da casa.

A equipa Vidaguense chegou do intervalo com uma vontade clara de matar o jogo, de preferência os primeiros minutos para depois sim, pensar já no próximo jogo. Foram minutos complicado para o Santa Marta e só uma série de boas intervenções do guardião Gato impediram o avolumar do resultado. 

Nos últimos minutos assistiu-se a uma festa bonita as bancadas e a duas equipas resignadas com o jogo. O Santa Marta sem argumentos e o Vidago já de cabeça na próxima partida em Vila Real. A missão foi cumprida, a nota foi positiva e agora é olhar para os próximos jogos que não se avizinham nada fáceis, a começar já pelo próximo.

 

Ficha de Jogo

Campo João de Oliveira

Arbitro: Rui Silva

Árbitros Assistentes: Nuno Fraguito e Bruno Pereira

Vidago FC: Luís Vieira, Márcio,  Portal, Rendeiro, Daniel, Nacho, Bruno Carvalho,  Rafa, (Marco 88) Edu Paiva, (Gonçalo 70)  Castelo  Fábio Alex .

Treinador: Pedro Adão

FC Santa Marta Penaguião: Gato, Leandro, Samuel, Roger, Barroso, Shuster, Quim, (Dino 72) Gabi, (Cesar 54) Diogo, Canedo, Kostadoniv.

Treinador: Justino Ribeiro

Marcadores: Edu Paiva (18) Rafa (80) .

2016-10-16
Autor: Augusto Oliveira
Voltar